segunda-feira, 20 maio, 2024
InícioImposto de RendaImposto de Renda: devo fazer a declaração simplificada ou completa?

Imposto de Renda: devo fazer a declaração simplificada ou completa?
I

Na hora de declarar o Imposto de Renda, uma das principais dúvidas é sobre qual modelo de declaração o contribuinte deve optar. A opção pela Declaração Simplificada ou pela Declaração Completa deve ser realizada de acordo com as despesas dedutíveis do contribuinte. Veja quais são os principais pontos a serem considerados na hora de escolher entre os dois tipos.

Declaração Simplificada

A declaração simplificada é recomendada aos contribuintes com poucas despesas dedutíveis ou apenas uma fonte de renda. Este modelo utiliza o abatimento padrão de 20% sobre a soma de todos os rendimentos tributáveis recebidos ao longo do ano, limitando-se a R$ 16.754,34, podendo ser utilizada por qualquer contribuinte. Nela, o imposto recolhido em 2023 também deve ser informado para desconto no cálculo final do IR a pagar.

Declaração Completa

A declaração completa é indicada ao contribuinte que possui muitas despesas dedutíveis, como as informações relacionadas a gastos com saúde, educação, contribuição à previdência privada e pensões alimentícias, e o valor por dependentes, neste caso, essas despesas correspondentes a eles também podem entrar como dedução.

Esse modelo implica no preenchimento de informações completas e mais detalhadas de todas as despesas e rendimentos do ano-calendário, com a exigência, por parte da Receita Federal, de que os comprovantes dessas despesas sejam guardados por cinco anos. A declaração completa também é indicada a todo contribuinte em que a soma total de suas deduções exceder o limite de R$ 16.754,34.

O desconto simplificado funciona por meio de um abatimento automático de 20% sobre a base de cálculo do imposto devido. É aplicado de forma padrão, sem a necessidade de comprovação de despesas dedutíveis. No entanto, há um limite para o abatimento. Assim, mesmo que os 20% sobre a base de cálculo resultem em um montante superior ao limite, o contribuinte só receberá o desconto até o teto estabelecido.

Qual das duas opções de declaração devo escolher?

Para responder se é melhor entregar a declaração completa ou simplificada é recomendado que o contribuinte preencha o formulário de Declaração com todas as informações, dados e despesas que tiver em mãos. Independentemente do modelo, quanto mais detalhes, melhor para evitar a malha fina.

Após preencher as informações, se o contribuinte ainda tiver dúvidas, o próprio sistema da Receita Federal indica o modelo mais vantajoso de Declaração, no menu “Opção pela Tributação”, considerando o menor valor de imposto a pagar ou o maior valor de restituição que o contribuinte pode receber dentre os dois modelos.

Tem mais dúvidas?

Este período é sempre desafiador para contadores e contadoras, pois cada cliente traz um cenário completamente diferente e é aí que surgem as dúvidas. O que pode ajudar, e muito, nesta jornada é o curso “IRPF 2024 – Visão do Contador”. Você irá tirar suas dúvidas com aulas online, práticas e dinâmicas. Lembre-se que é importante se capacitar para ganhar agilidade e evitar qualquer chance de cometer erros. Aproveite agora o desconto especial que conseguimos para você! Clique aqui para comprar agora! 

Matérias relacionadas

spot_img

Mais lidas