quarta-feira, 21 fevereiro, 2024
InícioEmpreendedorismoeSocial: novo layout para substituir a DIRF cria alerta desde 1º de...

eSocial: novo layout para substituir a DIRF cria alerta desde 1º de janeiro  
e

A substituição da DIRF (Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte), que será extinta a partir de 2025, tem gerado impacto em outras obrigações acessórias. A EFD-Reinf é uma delas, mas também não podemos esquecer que a extinção da DIRF atinge uma das principais ramificações do ambiente SPED: o eSocial. Como assim? Isso mesmo, como o novo layout 1.2 do eSocial terá novos campos que precisam ser preenchidos é preciso ter muita atenção nas informações.

Tem dúvida sobre o tema? Saiba todos os detalhes agora mesmo!

Quais são os novos campos que impactam a geração do eSocial e que substituirão a DIRF?

No novo layout 1.2 do eSocial, será preciso ficar atento para preencher os seguintes campos:

  • Informação de Dependentes
  • Pensão Alimentícia
  • Plano de Saúde
  • Reembolso do Plano de Saúde
  • Deduções de IRRF
  • Previdência Complementar


Por que preencher estes campos no novo layout do eSocial se a DIRF ainda estará em vigor em 2024?

Vale lembrar que a DIRF 2024, referente ao ano calendário 2023, não foi substituída. Ela precisa ser entregue até as 23h59min59seg (horário de Brasília), do dia 29 de fevereiro de 2024.

Ah! E tiveram novidades para esse ano, hein?! Um deles é sobre o Desconto Simplificado Mensal que falaremos em outro texto. Fique ligado!

Bom, o nosso assunto é sobre o preenchimento dos dados do ano calendário 2024. Ou seja, será preciso uma mudança de mentalidade, pois, agora, será necessário enviar as informações mensalmente já no próprio ano da competência.

Evite um pesadelo!

Preste atenção nas dicas para não chegar em 2025 e ter que fazer correção de 2024 de cada folha de pagamento!!! Depois não vale chorar pelo leite derramado, hein?!

Como agir no novo layout do eSocial nas informações que antes eram prestadas na DIRF?

Se os campos do eSocial não forem preenchidos corretamente mensalmente ou caso seja necessário corrigir informações que antes eram prestadas na DIRF, será preciso reabrir os meses com pendência para fazer a correção. Por isso, aqui vão algumas dicas para que não tenha dores de cabeça no futuro evitando multas desnecessárias:

  1. Confira se os dependentes cadastrados no sistema da folha de pagamento estão com os dados corretos, principalmente o CPF e os dados de incidência no IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte);
  2. Se o dependente for pensionista, reveja as regras de rateio para garantir que os valores enviados ao eSocial estejam corretos;
  3. Sempre utilize a rotina do sistema para lançamento do plano de saúde, do reembolso do plano de saúde e da previdência complementar e nunca informe diretamente no holerite do empregado;
  4. Garanta que a configuração sobre o desconto simplificado esteja configurada corretamente;
  5. Faça a conferência dos valores gerados pelo sistema antes de liberar a informação.

Caso tenha alguma pendência em relação a esses dados, aproveite que ainda dá tempo para fazer a correção e comece o ano de 2024 com tudo correto.

Ah! E não se esqueça de compartilhar o alerta a outros colegas e, assim, evitar o retrabalho de chegar em 2025 e ter que fazer correções dos meses que passaram. E se quiser ficar mais bem informado sobre a legislação? Conte sempre com o IOB Online, o maior portal de conteúdo do mundo regulatório!

Matérias relacionadas

Live Reforma Tributária

spot_img

Mais lidas