quinta-feira, 23 maio, 2024
InícioEmpreendedorismoAprenda a fazer uma projeção de vendas eficiente para o primeiro semestre...

Aprenda a fazer uma projeção de vendas eficiente para o primeiro semestre da sua empresa
A

Alô, empreendedor! Se você já aprendeu a fazer o balanço de fim de ano e o planejamento tributário, agora chegou o momento de elaborar uma projeção de vendas eficiente para o 1º semestre da sua empresa. Inclusive, janeiro é um ótimo momento para colocar isso em prática! E então, já sabe do que estamos falando ou está cheio de dúvidas? Não se preocupe! Você vai entender melhor logo a seguir!

De cara, podemos dizer que a projeção de vendas, principalmente quando feita com precisão, será a espinha dorsal do seu plano de negócios. Ou seja, ela servirá como um guia para a criação de planejamentos de compras e a elaboração de ações que visem o aumento das vendas.

É através dela que é possível formar um padrão para as despesas, receitas e lucros, bem como projetar o crescimento do negócio de acordo com a realidade dele e do mercado. Inclusive, vale lembrar que a projeção de vendas vai muito além de ampliar a visão futura do negócio. Ela possibilita uma ação para mudar o rumo da história e até traçar objetivos mais ambiciosos para a empresa. Além disso, é uma forma de aumentar a credibilidade do negócio, se você já tem ou pensa em ter sócios e investidores.

Vamos ver então como você poderá fazer isso na prática. Confira algumas dicas eficientes a projeção de vendas:

  1. Analise o histórico de venda

Se a sua empresa não tem o hábito de registrar dados, é bom começar a fazer isso o quanto antes possível. Saiba que, hoje em dia, existem ferramentas mais eficientes do que as tradicionais planilhas, como os softwares de gestão na nuvem, por exemplo, que, além de serem mais seguros, são bastante acessíveis.

Você pode utilizar os registros das vendas realizadas no passado para fazer a projeção e acrescentar alguma mudança para alavancar esses resultados. E também pode estipular um percentual mais otimista para ser alcançado.

  1. Monitore o planejamento

Analisar o histórico de vendas sozinho será importante, mas, para ter uma projeção mais realista, os gestores devem considerar também quais ações de marketing e de vendas deram certo no passado. Por isso, ao colocar as estratégias em prática, faça também um monitoramento detalhado dos resultados para que, no futuro, a empresa venha a utilizar as de maior impacto positivo.

  1. Estude o potencial do mercado

Já ouviu falar em pesquisa de mercado, certo? Então, é importante saber que esta não é uma ação voltada somente para projetar resultados em um plano de negócios. Ela serve também para identificar oportunidades [tendências de vendas] que a empresa pode aproveitar no futuro breve. Por isso, considere fazê-la periodicamente.

Afinal, você pode aproveitar essas informações para entender como o momento do mercado poderá influenciar nas vendas futuras e, inclusive, através disso, estabelecer novas metas, mais realistas, para o seu negócio.

  1. Considere os períodos sazonais

Ao realizar uma projeção de vendas, também é fundamental analisar os resultados por mês ou períodos mais longos. Dependendo do produto ou serviço que a sua empresa comercializa, é possível que as vendas sejam maiores em uma época e menores em outras.

Seja por conta das estações do ano, seja por datas festivas, considerar os períodos de sazonalidade significa realizar projeções mais precisas.

  1. Projete as vendas por produto

Se a sua empresa tem mais de um produto ou serviço, uma dica é analisar cada um separadamente. No entanto, se o portfólio for muito grande, os resultados podem ser resumidos e consolidados na projeção.

Saiba ainda que as grandes empresas utilizam a projeção de vendas como ferramenta de orientação para gerenciar e liderar o negócio, apoiar decisões estratégicas e determinar a alocação de recursos onde são mais necessários.

Por fim, é importante lembrar que todas essas dicas só poderão ser colocadas em prática de maneira eficiente se a empresa contar com um software de gestão. Isso porque ele integra as informações entre os setores correspondentes, possibilitando a geração de relatórios mais completos, precisos e de fácil leitura. E, como última dica, é fundamental ter um software para ajudar no controle das vendas, pedidos e orçamentos. Neste caso, o Vendr pode ser um forte aliado para a sua empresa! Confira mais detalhes aqui!

Matérias relacionadas

spot_img

Mais lidas